Juiz de Fora: Sindicato repudia uso de spray de pimenta contra jornalistas e estudantes

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Juiz de Fora divulgou a seguinte nota de repúdio.

NOTA DE REPÚDIO

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Juiz de Fora repudia a ação praticada pela Polícia Militar na noite desta quarta-feira, 30 de março, durante manifestação contrária ao aumento das passagens do transporte coletivo no Centro de Juiz de Fora. É injustificável o uso de spray de pimenta contra jovens e adolescentes, que seguiam em ato pacífico previamente agendado.

O repórter fotográfico do jornal Tribuna de Minas Leonardo Costa foi atingido por spray de pimenta, mesmo portando visível identificação profissional.

O Sindicato dos Jornalistas não aceita a violência contra a imprensa livre. O ataque e a intimidação a jornalistas são temerários no Estado democrático de direito, tendo em vista a necessidade de preservação da liberdade de expressão e das garantias constitucionais da atividade jornalística.

Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Juiz de Fora

(Crédito das foto: Leonardo Costa / Tribuna de Minas.)

Veja também

Emissoras educativas mineiras migram da Rede Minas para a TV Cultura de SP

Emissoras de televisão educativas de Minas Gerais lideradas pela Associação Mineira de Rádio e Televisão ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *