Sindicato realiza oficina de documentário em setembro

0
341

O Sindicato de Jornalistas Profissionais de Minas Gerais (SJMPG) realizará no mês de setembro a Oficina de Documentário “Da teoria ao desenvolvimento de projetos”, ministrada pelo documentarista e professor da UEMG Richardson Pontone.

Com valores de inscrição de R$120 para jornalistas com sindicalização em dia e estudantes e de R$ 200 para jornalistas não-sindicalizados(as) e outras categorias profissionais, a iniciativa é a primeira de uma série de ações do Sindicato que oferecerá subsídio teórico, técnico e político para jornalistas, comunicadores/as, estudantes e pessoas de qualquer área interessadas e atuantes nos diversos campos da comunicação.

A oficina é dividida em quatro módulos que ocorrerão às terças-feiras (5, 12, 19, 26 de setembro de 2023), de 19h às 21h30. O Sindicato emitirá certificação de 10h totais.

As aulas serão somente presenciais e ocorrerão na Casa de Jornalista, na sede do Sindicato, situado à Avenida Álvares Cabral, 400, no Centro, em Belo Horizonte (MG). As vagas são limitadas à capacidade do local e o curso ocorrerá com uma turma mínima de 10 (dez) participantes.

Clique aqui para fazer sua inscrição

Sobre a oficina

Segundo o documentarista e professor Richardson Pontone, responsável pelo conteúdo da oficina, os módulos possibilitam que cada participante compreenda os meios e as técnicas essenciais para elaboração de projetos, produção e direção de documentários para TV, Web entre outras plataformas. Além disso, a oficina fomenta o debate sobre a complexidade do ambiente audiovisual e discute o conceito de investigação e de pesquisa.

“São mais de 16 anos em que estou na cadeia produtiva de documentários, pesquisando, lecionando sobre e produzindo conteúdo, e a oficina oferece teoria e iniciação prática, com manuais, dicas e muito mais”, enfatiza Pontone, que é também comunicador, fotógrafo, especialista em Rádio, TV e Web e Mestre em Gestão Social, Educação e Desenvolvimento Local. Entre seus mais recentes e relevantes trabalhos estão os documentários Vale de Rejeitos (2021) e Lama: a tragédia de Brumadinho (2019).

Na opinião da presidenta do Sindicato, Lina Rocha, trata-se de uma oportunidade interessante para quem quer se iniciar ou se aperfeiçoar sobre a produção de documentário e sobre a linguagem audiovisual “tão presente no nosso cotidiano”. “Fica aí o convite não só para jornalistas, mas a sociedade em geral, movimentos sociais, coletivos, entidades de classe, para que participem aqui e aprendam a manusear os instrumentos para colocar aquela ideia em prática, aquela ideia que te representa”, finaliza.

Clique aqui para fazer sua inscrição

O documentarista e professor Richardson Pontone durante palestra em Mariana sobre seu documentário

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here