Estado de Minas não paga salários e jornalistas fazem paralisações

Os jornalistas do Estado de Minas fazem hoje paralisações de protesto ao longo do dia contra o não pagamento dos salários. Parte da redação e do administrativo ainda não recebeu os salários que deveriam ter sido pagos no dia 5 de junho. O mesmo aconteceu na TV Alterosa, que também pertence ao mesmo grupo, os Diários Associados Minas, e boa parte dos trabalhadores ainda está sem salário.

A empresa não dá nenhuma justificativa para ter pago alguns e outros não, problema que se repete há muitos meses. (Na foto, paralisação feita em outubro de 2019.) Sempre algumas pessoas ficam, inexplicavelmente, sem receber. Dessa vez,  os jornalistas que também receberam resolveram aderir ao protesto em solidariedade aos que trabalham religiosamente e sempre recebem seus vencimentos com muitos dias de atraso.

Durante a pandemia, o grupo Associados Minas usou a MP 936 para reduzir o salário de alguns trabalhadores. Em abril de 2016, os jornalistas e trabalhadores da administração do grupo tiveram seu salários reduzido em 30%, decisão já considerada ilegal pela Justiça do Trabalho.

Também estão sem receber salários os estagiários de jornalismo.

Depois das paralisações feitas ao longo do dia, a empresa se comprometeu a quitar os salários que ainda faltam até quarta-feira. A mobilização continua até lá.

A empresa também não paga em dia o plano de saúde, deixando os trabalhadores frequentemente sem acesso a consultas médicas.

[15/6/20]

 

Veja também

SJPMG repudia ataques a jornalistas por vereadora de Bom Jesus do Amparo

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais vem a público repudiar os ataques feitos ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *