Fenaj solicita inclusão de jornalistas no grupo prioritário de vacinação contra a gripe

Ofício foi enviado nesta semana diretamente ao Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.

A Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) enviou ofício ao Ministério da Saúde solicitando a inclusão dos profissionais jornalistas ao grupo prioritário de vacinação da gripe (Influenza A (H1N1), Influenza B e Influenza A (H3N2)). O governo federal adiantou o calendário de vacinação em 2020 como uma das medidas de prevenção à pandemia do coronavírus (covid-19).

De acordo com a presidenta da Fenaj, Maria José Braga, a ação da Federação considera que o jornalismo para o acesso à informação foi decretado como serviço essencial no contexto da pandemia (Decreto 10.288, de 22 de março de 2020), o que coloca os trabalhadores jornalistas na linha de frente entre os profissionais submetidos ao risco de contaminação.

“Os profissionais jornalistas atuam nas ruas e em contato com outras pessoas na apuração de notícias, ainda estão submetidos a aglomerações e num cenário que a vacinação de grupos prioritários é colocado no contexto das medidas preventivas ao coronavírus, é dever do Ministério da Saúde nos contemplar com a disponibilização da vacina contra a gripe como prioritária também”, defende a dirigente.

Paralelamente ao ofício enviado ao Ministério da Saúde, a Fenaj orientou aos sindicatos de jornalistas de todo o país para que aguardem manifestação do MS, considerando que os sindicatos que oficiaram às secretarias de saúde estaduais solicitando a vacinação tiveram seus pedidos negados.

De acordo com informações do Ministério, a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe teve início no dia 23 de março e segue até 22 de maio, em três fases, para públicos diferentes, que incluem idosos, trabalhadores de saúde, crianças até 6 anos completos, doentes crônicos, professores das redes pública e privada, gestantes e puerpérias, pessoas com deficiência, trabalhadores da segurança e do sistema prisional, povos indígenas e população privada de liberdade.

(Publicado pela Fenaj.)

[31/3/20]

 

Veja também

SJPMG repudia ataques a jornalistas por vereadora de Bom Jesus do Amparo

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais vem a público repudiar os ataques feitos ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *