Sindicato inaugura painel ‘A Imprensa’ restaurado, com presença da artista Yara Tupynambá

O Sindicato inaugurou na noite de quinta-feira 27/4 a restauração do painel “A Imprensa – Guerra e Paz”, de Yara Tupynambá, que ocupa uma parede da Casa do Jornalista. Participaram da cerimônia de descerramento do painel a artista plástica, Roberto Assumpção, diretor de Marketing do Banco Mercantil do Brasil, que patrocinou a restauração, e o presidente do Sindicato, Kerison Lopes.

Yara contou que a restauração, pintado em 1966, exigiu um esforço muito grande e que ela contou com ajuda de uma equipe. “Este trabalho significou muito para mim, foi meu primeiro painel”, disse. Lembrou que pintou o quadro impressionada com a Guerra do Vietnã, que estava no seu auge. “Uma mudança enorme aconteceu no mundo desde então, mas a barbárie continua. Isto merece a nossa reflexão”, ressaltou.

O diretor de Marketing do Banco Mercantil do Brasil disse se sentir muito orgulhoso por participar da restauração do painel. “O Mercantil é um banco mineiro, com raízes em Minas Gerais, e tem interesse em apoiar projetos de artistas mineiros”, afirmou.

A relação entre o banco e Yara Tupynambá é antiga. “Quando ela veio para Belo Horizonte, muito jovem, pintou um mural na agência do banco na Rua Rio de Janeiro. Mais tarde, pintou outro mural para o banco, que foi doado à Reitoria da UFMG”, disse. Em 2016, o Mercantil do Brasil patrocinou com fotos dos painéis da artista feitas por Sylvio Coutinho.

Esperança de dias melhores

Kerison agradeceu a iniciativa da artista de procurar o banco e este por compreender a importância da obra. “Restaurar o painel era um projeto do Sindicato e só pudemos realizá-lo graças ao apoio o Banco Mercantil”, disse.

Ele acrescentou que o momento era especial para ele, admirador de Yara Tupynambá desde que viu seu trabalho pela primeira vez, na capa de um disco de Rubinho do Vale. “Agora pude presenciá-la trabalhando, uma guerreira, chegando todos os dias ao Sindicato e se dedicando à restauração do painel.”

Kerison lembrou que a primeira inauguração do painel, em 1966, também se deu num momento sombrio do país e refletiu a esperança de dias melhores, como acontece agora. “Esta casa é mais do que a sede do Sindicato, é a casa da sociedade mineira, a casa da liberdade e da democracia, e o painel da Yara ocupa um lugar especial na casa, onde todos que aqui se reúnem fazem questão de serem fotografados”, disse.

Estiveram presentes à reinauguração do painel os jornalistas Marco Jimenez, representante do governador Fernando Pimentel, e Chico Maia, representante do prefeito Alexandre Kalil, além de outras autoridades, ex-presidentes e diretores do Sindicato, e muitos jornalistas.

Na foto, da esquerda para a direita, Roberto Assumpção, Yara Tupynambá e Kerison Lopes. Crédito da foto: Marcos Alvarenga.

[2/5/17]

Veja também

SJPMG repudia ataques a jornalistas por vereadora de Bom Jesus do Amparo

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais vem a público repudiar os ataques feitos ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *