Nota de repúdio à Polícia Militar de Minas Gerais

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais repudia a violência praticada pela Polícia Militar na noite desta quarta-feira, 12 de agosto, durante manifestação no Centro de Belo Horizonte. Com desproporcional uso da força, os militares atacaram com bombas e balas de borracha jovens e adolescentes, que seguiam em ato pacífico contra o aumento das passagens no transporte coletivo.

Além de dezenas de jovens feridos, jornalistas que trabalhavam na cobertura também foram atacados. O repórter fotográfico do jornal O Tempo, Denilton Dias, foi baleado pelos policiais na perna, mesmo depois de apresentar sua identificação profissional. Depois da dispersão,  dezenas de manifestantes foram acuados e presos dentro do Hotel Sol e, novamente, a liberdade de imprensa foi atacada, já que os militares impediram os jornalistas de fazerem a cobertura jornalística naquele local.

O Sindicato dos Jornalistas não aceita a violência contra a imprensa livre. O ataque e intimidação a jornalistas é temerário no Estado democrático de direito, tendo em vista a necessidade de preservação da liberdade de expressão e das garantias constitucionais da atividade jornalística. Assim, o Sindicato exige uma resposta do Governo de Minas sobre o atentado contra a imprensa, assim como espera esclarecimentos sobre as demais denúncias de prisões arbitrárias e violações de Direitos Humanos durante a manifestação.

O Sindicato desde já coloca-se à disposição, com todo o suporte institucional e jurídico necessário, dos repórteres e demais profissionais de imprensa que eventualmente tenham sido impedidos de exercer a sua função durante a manifestação.

Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais

Veja também

ALMG tem surto de covid depois de convocar todos os terceirizados, muitos sem direito a plano de saúde

Já são seis trabalhadores da área de comunicação da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (quatro ...

28 comentários

  1. Entendi champz.

  2. Bom dia,

    Imprensa sensacionalista, tendenciosa e covarde.

    Ao invés de culpar e responsabilizar a Polícia Militar pelas mazelas sociais, divulguem e responsabilizem os governantes, que de fato e direito, estão comprometendo o estado democrático de direito.

    Por fim, da mesma forma que jornalistas merecem respeito para o desempenho profissional, Policiais Militares também.

    Na minha opinião, os nobres jornalistas que subscrevem esta nota, são covardes.

    Respeitosamente,

    Dimitri Nishimura

    • Jornalistas covardes? Mesmo se eles estivessem errados, o que não estão, os instrumentos de sua covardia seriam palavras e imagens. Como você mesmo disse, covardes são esses governos fascistas. E o seu instrumento de covardia é essa PM mal treinada, manipulada e selvagem, que não tem a mentalidade de defender seus cidadãos, e sim de bater neles. Cada um daqueles soldados da PM presentes naquela selvageria sabia o que estava fazendo, e por isso é totalmente responsável por esse atentado à base de balas de borracha e cassetetes contra pessoas armadas apenas com sua indignação às injustiças sociais que estão escancaradas em toda a cidade. A PM é exatamente o que o governo quer que ela seja: seus cães de ataque. Por isso que, praticamente todo aumento de salário que eles pedem, eles ganham. E toda greve ou manifestação é isso que a gente viu aí. Que a imprensa mineira é tendenciosa, concordo, mas dou meu total apoio a essa nota de repúdio.

      • Senhor Cleber Marcelo,

        Boa Tarde,

        Respeitados os seus direitos e garantias constitucionais, há de esclarecer que a condição de PM significa que o indivíduo também é cidadão e deve ter seus direitos garantidos e preservados. Não é pelo fato de ser policial que o indivíduo tem que ser ofendido, agredido, mau tratado e aguentar desaforos dos outros.

        Então deixa de ser ignorante. Na atualidade, os jornalistas covardes, ficam atrás da polícia para conseguir alguma matéria, se valendo de uma imagem para retratar uma situação e covardemente, responsabilizar a policia.

        Por que a imprensa não divulga as ações positivas da PM ? Há, não da ibope.

        Imprensa sensacionalista, tendenciosa, corrupta e covarde. Jornalistas mau preparados, mau formados e covardes.

        Por fim, eu tenho o direito constitucional de ter uma opinião.

        Dimitri Nishimura

        • Caro Dimitri, não desrespeitei seu direito de ter uma opinião. Pelo contrário, o defendo. Apenas discordo totalmente dela, o que é democraticamente permitido.

        • Os jornalistas é que são covardes???
          Será mesmo??
          São eles que armados e em bando atacam pessoas desarmadas e que não esboçam reação!!
          A polícia é covarde sim, além de canalha!
          Bater em estudante e jornalista deve ser mesmo muito fácil!
          Quero ver é bater e prender deputado com meia tonelada de pasta base no Helicoptero.
          Os jornalistas deviam reportar as boas atitudes da polícia??
          Que boas atitudes esses cachorros do governo fazem? Espancar estudantes e jornalistas desarmados??
          Dá pra ver bem quem é o covarde aqui, seu lambe bostas.
          O cidadão apoia esses ratos de farda que não são homens pra fazer nada se nao estiverem em bando e armados, e ainda acusa-os de covardes…
          Faz me rir, estou pra ver na vida algo mais covarde do que essa tropa de cagões da PM.
          Atras de uma farda e uma arma qualquer um é muito homem, nao é mesmo???
          Lambe botas!!!

          • Senhor Jucelio Spin,

            Bom dia,

            Além de ignorante, vc deve ser cego e burro. A polícia detém a autorização estatal para o uso da força, e esta é usada de acordo com a necessidade.

            Outra coisa, bando é o coletivo de jornalistas, covardes, tendenciosos e principalmente aproveitadores. A PM responde a altura, somente quando a ordem pública é violada por estudantes e jornalistas viciados em drogas, que se escondem para promover a desordem.

            Se os policiais são canalhas, imagina os jornalistas ? Vivem e trabalham em virtude do trabalho da polícia, então os canalhas, covardes e desocupados, são os jornalistas.

            O senhor deve ser um péssimo jornalista, mas pelo texto deve ser mais um pé rapado que ganha salário mínimo, não estuda e desconhece a instituição bissecular e seus relevantes serviços sociais.

            Por fim, ratos são jornalistas que ficam atrás dos restos e migalhas do trabalho desenvolvido pela PM, publicando apenas ações que vendem jornal, agindo com parcialidade e falta de profissionalismo.

            Assim, a melhor definição seria ratos com câmeras, covardes, despreparados, mau pagos e ressentidos.

            Isso deve ser inveja de não ter conseguido ser um policial.

            Respeitosamente,

            Dimitri Nishimura

        • Porque ignora que a Polícia Militar ataca pessoas desarmadas nas ruas?

    • Fernando Rodrigues

      Bom tarde,
      Comentário sensacionalista, tendencioso e covarde. Você estava lá seu comédia?
      Respeitosamente, Jornalista.

    • Porque essa PM, não usa de força desproporcional contra os bandidos que nos assaltam todos os dias nas ruas de Belo Horizonte. Contra cidadãos que estão desempenhando seu direito de protesto e bala, porrada e bomba. Contra os bandidos nada! A população tem que se revoltar contra isso e contra o péssimo serviço que nos é prestado pela PMMG e todos os outros setores do Governo.

    • ” Assim, o Sindicato exige uma resposta do Governo de Minas sobre o atentado contra a imprensa, assim como espera esclarecimentos sobre as demais denúncias de prisões arbitrárias e violações de Direitos Humanos durante a manifestação.”

      Leia o texto antes de falar bobagem. A nota responsabiliza sim o governo do Estado.

    • Vc está certo, onde está aí a responsabilidade do governador esquerdopata? Se tivesse sido no Paraná, a imprensa teria botado a culpa no Belo Richa. Esquerda medíocre, JORNALISTAS DE MERDA! SEMPRE USAM DOIS PESOS E DUAS MEDIDAS.

    • Porque ignora que a Polícia Militar ataca pessoas desarmadas nas ruas?

  3. A nota de repúdio deveria ser direcionada ao governador do estado, pois a PM não atua se não for por ordem dele. A PM é composta por trabalhadores que dependem do serviço para sobreviver, assim como os profissionais da imprensa e demais…

    • ” Assim, o Sindicato exige uma resposta do Governo de Minas sobre o atentado contra a imprensa, assim como espera esclarecimentos sobre as demais denúncias de prisões arbitrárias e violações de Direitos Humanos durante a manifestação.”

      Leia o texto antes de falar bobagem. A nota responsabiliza sim o governo do Estado.

    • Sim os policias são trabalhadores, mais não quer dizer que tem que cegamente bater, atirar contra pessoas desarmadas ou fazendo seu trabalho. O soldados nazistas tambem seguiam ordens.

      • Equanto a população ficar defendendo as mazelas cometidas por agentes de seguraça nesse país, o povo sempre vai levar porretada.

        • A população deve ouvir os dois lados para depois dar sua opinião.
          Não é ficar aceitando fala de comandante como se fosse verdade absoluta.
          Já vimos situações em que os agentes de segurança diziam uma coisa e, com o passar do tempo, filmagens revelavam a verdade.

    • Porque ignora que a Polícia Militar ataca pessoas desarmadas nas ruas?

  4. Boa Tarde,

    Tenho acompanhado com muito pesar, os desfechos resultantes da intervenção policial de 12 Agosto 2015. Mesmo não sendo policial militar, é revoltante a covardia, mediocridade e distorção dos fatos pelos jornalistas.

    Quando digo: Imprensa sensacionalista, tendenciosa, corrupta e covarde. Jornalistas mau preparados, mau formados e covardes, entendo que não existe melhor definição para esta classe.

    Em qual jornal foi estampada nota de repúdio, pela morte do policial militar em Justinópolis ?

    Dimitri Nishimura

    • O assunto aqui não é a suposta morte desse policial, seu COVARDE. Nâo mude de assunto.
      A questão aqui foi a selvageria e COVARDIA da PMMG ontem!
      Atacar pessoas desarmadas e que não esboçam reação deve ser mesmo muito fácil né?
      Atras de uma arma e uma farda qualquer um é muito homem!
      Quero ver é ter esse peito todo na hora de subir no morro prender traficante.
      Bater em jornalista é fácil eu quero ver é prender político corrupto.
      Pra isso vocês se CAGAM né??MAs é claro! São esses corruptos que te pagam então vocês tem mais é que defender os interesses deles!
      Bando de covardes!

      • Senhor Jucelio Spin,

        Bom dia,

        A PM usa a força somente contra infratores da lei, baderneiros, usuários de droga e jornalistas covardes, corruptos e hipócritas.

        Vagabundo que se esconde através de jornalista e estudante ? A PM tem que descer o cacete mesmo. Então salve a PM, que não se intimida com essa classe corrupta, tendenciosa e hipócrita.

        Será que os jornais sobrevivem sem as noticias oriundas da segurança publica ? Acredito que não, passa fome.

        Então, enfia o rabinho entre as pernas, fica calado, que calado vc já esta errado.

        Fanfarrão, covarde, corrupto, mau preparado, pé rachado.

        Respeitosamente,

        Dimitri Nishimura

  5. Entre outras atitudes penais tem que se esclarecer de qual comando partiu essa ordem despreparada para lidar com pessoas, e nesse meio os colegas de imprensa. Foi determinação de quem para essa barbaridade? Os culpados têm de ser responsabilizados e punidos claramente visando o saneamento profissional da PM.

  6. Alguns dizem q a PM se alterou na sua operação agora ninguem ve oq os soldados q estão ali na linha de frente escuda . Jornalistas fala q foi agressão covardia mas pq esses mesmo jornalistas não colocam uma camera no capacete do PM pra gravar oq os santos manifestantes falam com eles , pq agressão não e so tiro ,bomba e outros , existe as agressões verbais q ninguem quer colocar para a população ver.
    Só mais uma coisa pra mim esses protestos feitos onde são feitos e um ato de burrice pq onde acontece e onde concentra mais a classe trabalhadora , vc ai q protesta pq não vai para os bairros nobre onde mora os donos de empresas onde estão a cúpula dos vereadores , deputados quero ver se vcs tem peito de para a av nossa senhora do Carmo a raja pq la vai pouco ónibus agora la tem uber e vcs ignorantes atrapalhando os trabalhadores depois de um dia de trabalho exaustivo.
    Kd esses jornalistas q não mostram q nos q andamos de ónibus q estamos sentindo a crise os valores altos de tudo a parte alta ninguem mexe.
    Pra mim foi um protesto burro q atrapalhou quem depois de um dia de serviço duro a voltar pra casa .
    Depois reclamam da Pm olhem primeiro oq vcs fazem pra depois julgar o ato dos outros .

  7. Meus amigos, se esse bando de anarquistas tivessem seguido as LEIS reguladoras do convívio harmônico da sociedade, a polícia nem precisaria estar ali. A imprensa quer vender matéria, só isso. Enquanto eles puderem prorrogar o assunto para dar ibope, será prorrogado até outro fato entrar em destaque e virar alvo. Eles colocam a mesma matéria o dia todo e a semana inteira. Morro de rir de nossa imprensa.

  8. Porque ignoram que a Polícia Militar ataca pessoas desarmadas nas ruas?

  9. Viva a PM!!!
    Tem que descer o cacete, mesmo, nestes “revoltadinhos de merda”!!!
    Onde estavam no roubo de mais de 60 bilhões de reais da Petrobrás?!
    Agitadores egoístas alienados de merda!!!

  10. O problema é que ignoram o fato da PM MG ser somente um órgão que segue ordens… de onde vem essas ordens??? e se eles não as seguirem as ordens, quais são as consequências para a corporação???
    Existe um código e sempre interesses por trás de cada ação que ficam escondidas atrás das críticas se só recaem sobre o ponto mais fraco que é onde a mídia peca.
    Existem sim vários lados e várias verdades que tem que ser avaliadas, mas a verdadeira questão é que todos nós, policiais, jornalistas, população…, estamos de mãos atadas servindo de marionetes nas mãos daqueles que nos “representam”.

Deixe uma resposta para Christiano Amaral Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *