CartaCapital também corta

CartaCapital fez na última semana um corte em áreas como redação, arte, edições digitais e comercial. No total, o ajuste foi de dez vagas, entre dispensas e postos congelados, número que representa pouco mais de 10% do efetivo da empresa, até então de aproximadamente 90 funcionários. Na reunião que manteve com a equipe nesta segunda-feira (4/5), Mino Carta lembrou que não era a primeira vez que se via na contingência de tomar decisão idêntica, mas que os cortes atuais não abalam a estrutura e credibilidade da empresa, sendo, ao contrário, uma necessidade para continuar cumprindo seu papel editorial.

Segundo apurou este Portal dos Jornalistas, teria sido uma conversa tranquila e com demonstração de muita confiança e otimismo. Mino pediu a compreensão e a união de todos, para que a empresa se fortaleça e volte a crescer. Entre os que deixaram a revista estão William Viera, editor assistente de Q.I.; Samantha Maia, repórter de Economia; e Lívia Perozin, diretora de Redação das revistas de educação Carta na Escola e Carta Fundamental, editadas pela Editora Confiança.

Por: Redação Jornalistas&Cia, em 6/5/15.

Veja também

Câmara de Aracaju aprova exigência de diploma para jornalistas no poder público municipal

A Câmara Municipal de Aracaju (SE) aprovou por unanimidade nesta quarta-feira 21/10, em sessão remota ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *