Sindicatos patronais de jornais e revistas realizam fusão

0
485
assembleia dos dois sindicatos da imprensa mineira foi realizada na tarde de terça-feira na Fiemg, em Belo Horizonte (Divulgação)
assembleia dos dois sindicatos da imprensa mineira foi realizada na tarde de terça-feira na Fiemg, em Belo Horizonte (Divulgação)

Sindicatos dos jornais e revistas de Minas e BH confirmam fusão para fortalecer representatividade. Unificação deve ser oficializada em até 90 dias após aval do MPT

As negociacoes entre trabalhadores e os representantes de jornais e revistas de Minas Gerais (Sindijori-MG) e de Belo Horizonte (Sinejor-BH) tendem a ganhar agilidade diante da unificação das associações que lutam pela defesa e coordenação dos interesses econômicos das empresas do setor em todo o Estado. A expectativa, compartilhada por outras lideranças de trabalhadores, é da presidenta do SJPMG, Lina Rocha, ao avaliar o anuncio da fusão das entidades.

O acordo, divulgado no último dia 27 de fevereiro, segue agora para o Ministério Público do Trabalho (MPT), com o objetivo de ser formalizado. A previsão é que a fusão seja aprovada entre 60 e 90 dias.

Segundo os sindicatos da capital e do interior, o objetivo é fortalecer o trabalho dos jornais, revistas e mídias digitais em Minas. “Com essa união, fica facilitado esse alinhamento e a representatividade do setor perante o poder público e mercado publicitário, por exemplo. O sindicato passará a cuidar dos filiados de maneira única”, afirma o presidente do Sinejor, Paulo André Nacife.

Atualmente, Sindijori-MG e Sinejor-BH somam 147 associados. A proposta de unificação estava sendo cuidadosamente avaliada por eles. “É uma grande conquista. É importante todo mundo saber que seremos um só sindicato quando alguém precisar recorrer. Vamos comemorar a unificação”, acrescenta Nacife.

Fortalecimento da mídia digital

O Sindijori/MG, que já contava com 82 jornais impressos e 106 portais digitais de notícias em seu rol de associados, agora amplia sua representatividade ao integrar as empresas do Sinejor, que são referências na comunicação impressa da capital mineira. Além disso, muitas dessas empresas associadas também possuem rádios e televisões em seus conglomerados.

Paulo André Nacife, que é presidente do Sinejor/BH e diretor do Grupo Balcão de Belo Horizonte, destacou que a fusão tem como principal objetivo o fortalecimento da imprensa escrita e digital em Minas Gerais, além da busca por redução de custos e melhoria no atendimento aos associados.

Com informações de Hoje em Dia e correio Online

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here