Confira vídeo com depoimento do repórter agredido em Prata (MG)

No mês passado, o repórter Arcênio Corrêa, da TV Integração, afiliada da Rede Globo, escapou por pouco de um estrangulamento, quando tentava gravar uma entrevista em Prata (MG). Em vídeo, ele falou sobre agressão sofrida.

No último domingo (15/11), um jornalista foi assassinado com tiros à queima-roupa dentro de carro em Peixoto de Azevedo, a 692 km de Cuiabá (MT). O radialista André Alves, de 39 anos, foi baleado em Caçador, no Oeste de Santa Catarina.

Os casos revelam a escalada de violência contra jornalistas nos últimos dois anos, como apontam relatórios da Federação Nacional dos Jornalistas e da Unesco.

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais e a Fenaj denunciam e repudiam todos os casos de violência contra a categoria.

Em caso de violência, não hesite em procurar o Sindicato!

Veja o vídeo abaixo.

#sjpmg #jornalistasdeminas #sindicalizajornalista

[17/11/20]

 

Veja também

Livro de reportagem sobre assassinato de Marielle escancara submundo do crime carioca

Os repórteres Chico Otávio e Vera Araújo lançaram nas livrarias, pela editora Intrínseca, Mataram Marielle ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *