Subversus produz jornalismo independente no Vale do Aço

O jornalista Nilmar Lage lançou Subversus, um veículo de mídia independente que produz jornalismo na Região Metropolitana do Vale do Aço (RMVA). A RMVA é formada pelos municípios de Ipatinga, Timóteo, Coronel Fabriciano e Santana do Paraíso, além de mais 24 municípios que formam o Colar Metropolitano.

O portal está acessível no endereço http://subversus.com.br/ e no Instagram: @subversusjornal.

Jornalista multimídia, com grande experiência como freelancer, Nilmar Lage criou um veículo bonito, arrojado e com conteúdo consistente. Um dos focos é a produção de reportagens, como a de estreia, “Não estamos seguros”.

Nela, o repórter mostra em texto, fotografia e vídeo que, apesar da explosão do gasômetro da Usiminas, em Ipatinga, em 2018, que deixou 34 pessoas feridas, o Vale do Aço continua sem ter um plano de ação que proteja a população de um novo desastre.

Na seção Arquivos, está o documentário “Senta a Pua”, produzido por Nilmar e Thiago Moreira em 2013, sobre o Massacre de Ipatinga. No episódio, ocorrido em outubro de 1963, operários grevistas foram fuzilados por policiais militares em número jamais conhecido, num crime que também não teve punição.

Passados quase 60 anos, o Massacre de Ipatinga continua sendo um tema tabu na cidade — a Usiminas, por exemplo, não quis se manifestar no documentário. São temas assim que Subversus pretende tratar, produzindo jornalismo ético, com independência e responsabilidade, mas com ponto de vista.

Nilmar Lage, que integra a nova diretoria do SJPMG, acrescenta que o veículo publicará também reportagens sobre outras regiões de Minas, como o Norte. É o caso da seção Especial, que estreia com uma matéria multimídia produzida em Varzelândia.

Ele informa que Subversus não pretende ter periodicidade, mas terá continuidade. A “segunda edição” já está sendo produzida. A independência, como vem acontecendo com inúmeros projetos jornalísticos na internet nos últimos anos, virá do apoio do leitor. Uma campanha de assinaturas já está sendo preparada e será lançada em breve.

Na sua apresentação, Subversus afirma sua missão: “Produzir narrativas com responsabilidade, ética e pluralismo. Atuar no jornalismo com preocupação social, em defesa dos direitos humanos. Um canal de diálogo com artes, movimentos culturais e resistência popular”.

E seus valores: “Contextualizar historicamente o leste de Minas Gerais, ser porta-voz de fatos acontecidos no passado e que refletem ainda no presente, mas que tiveram uma amnésia coletiva programada; promover os direitos humanos e um jornalismo humanista; valorizar a arte enquanto expressão libertária”.

Fazendo jus aos seus princípios, o portal também divulga o Código de Ética dos Jornalistas Brasileiros.

[28/7/20]

 

 

Veja também

Inscrições para o 2º Prêmio Sindibel de Jornalismo já estão abertas

Em comemoração aos seus 32 anos de funcionamento, na segunda-feira 19/10, o Sindicato dos Servidores ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *