Jornalista é demitida em João Monlevade por posicionamento político em redes sociais

A jornalista Flávia Henriques, 42 anos, foi demitida da Associação Comercial e Industrial de João Monlevade (Acimon) por manifestar seu posicionamento político nas redes sociais. Mesmo fazendo postagens em sua página pessoal, fora do horário de serviço, a opinião da jornalista incomodou um grupo de empresários, que pediram a sua demissão.

Com 13 anos dedicados à Acimon, Flávia Henriques foi comunicada dia 4, após uma reunião da diretoria, que um grupo de empresários associados havia “pedido sua cabeça”, por postagens nas quais ela critica o Governo Federal. “Me informaram que as postagens nas minhas páginas pessoais de rede social, contrárias ao presidente Jair Bolsonaro, incomodaram um grupo de empresários, que pediram o meu desligamento”, relatou.

Flávia Henriques disse que, durante todos esses anos em que trabalhou na Acimon, seu posicionamento político sempre foi conhecido dos diretores que passaram pela associação. “Sempre souberam que sou de esquerda, isso nunca atrapalhou meu trabalho”, afirmou.

Para a jornalista, a demissão é um desrespeito a seu trabalho, porque ela alega que sempre soube separar o posicionamento político de suas funções na associação. “Nunca deixei de me dedicar. Pelo contrário, eu sempre defendi o trabalho da Acimon, porque eu acredito no funcionamento da associação e nos seus associados”, citou.

(Publicado pelo Diário do Vale.)

[19/2/20]

 

Veja também

Câmara de Aracaju aprova exigência de diploma para jornalistas no poder público municipal

A Câmara Municipal de Aracaju (SE) aprovou por unanimidade nesta quarta-feira 21/10, em sessão remota ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *