Número de trabalhadores informais bate recorde outra vez, diz IBGE

Por Victor Ohana, Carta Capital.

Os índices de trabalho informal bateram novo recorde no Brasil durante o trimestre encerrado em outubro deste ano, segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio Contínua (PNAD Contínua), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta sexta-feira 29/11.

A pesquisa contabilizou 11,9 milhões de trabalhadores sem carteira assinada no setor privado, número estável estatisticamente se comparado ao registrado no trimestre anterior, mas com alta de 2,4% em relação ao mesmo período de 2018. O percentual equivale a 280 mil novos trabalhadores sem registro formal no mercado de trabalho.

Os trabalhadores por conta própria, também considerados como trabalhadores informais, chegam a 24,4 milhões no país. O índice é estável frente ao trimestre anterior, mas 3,9% maior em relação ao mesmo período em 2018. O percentual equivale a novos 913 mil trabalhadores por conta própria no país.

Clique AQUI para ler a íntegra na Carta Capital.

 

#LutaJornalista

#SindicalizaJornalista

[29/11/19]

 

Veja também

15 projetos de lei endurecem penas de crimes contra jornalistas no Brasil

Por Júlio Lubianco Num momento de piora da liberdade de imprensa no Brasil, pelo menos ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *