Sindicato se solidariza a jornalista vítima de abuso sexual em Montes Claros

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais manifesta sua solidariedade à jornalista vítima de abuso sexual do chefe do Setor de Comunicação da Câmara de Vereadores de Montes Claros.

A denúncia foi feita ao Sindicato por jornalistas daquela cidade, que preparam uma manifestação em apoio à colega. A jornalista prestou queixa na Delegacia da Mulher, conforme notícia publicada pelo portal G1 nesta sexta-feira 2/3.

O Sindicato espera que os fatos sejam apurados pela Delegacia e pela sindicância aberta pela Câmara e que sejam aplicadas as sanções cabíveis.

O assédio e a violência contra a mulher, no Brasil, e em especial contra as jornalistas, são práticas comuns e intoleráveis. Não podem ser aceitas e têm de ser denunciadas. A impunidade precisa acabar.

O Sindicato está acompanhando o caso e soma sua voz às dos jornalistas de Montes Claros.

Diga não ao abuso sexual! Denuncie! Não é não!

Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais

[2/3/18]

Veja também

SJPMG repudia ataques a jornalistas por vereadora de Bom Jesus do Amparo

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais vem a público repudiar os ataques feitos ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *