Ablusadas, banda formada por mulheres, é atração no Sindicato do Blues

No próximo dia 29/3, quinta-feira, às 22h, no Espaço Cultural Casa d@ Jornalista, o Sindicato do Blues Especial Mês da Mulher apresenta Ablusadas, a primeira e única banda de blues de Belo Horizonte formada exclusivamente por mulheres.

No repertório do quinteto estão sucessos de grandes cantoras do estilo – Etta James, Peggy Lee, Wynona Carr, Ella Fitzgerald, Nina Simone e Imelda May –, releitura de clássicos de Ray Charles e Screamin’ Jay Hawkins e composições autorais.

Idealizadora da banda, a vocalista Roberta Magalhães conta que sentia falta da presença feminina no blues da capital mineira.

“A história da participação da mulher no blues é importantíssima, mas existe machismo na música, não tem tantas bandas só de mulher. Sempre participei de projeto com cantoras, mas nunca uma banda inteira”, diz.

Completam a Ablusadas a guitarrista Mel Martins, a baterista Brenda Marques, a baixista e backing vocal Débora Coimbra e a tecladista Milena Zannini.

“A gente se diverte muito tocando”, diz Roberta. “A relação é de muito respeito, de ajuda, curtimos muito o que estamos fazendo. Também investimos no trabalho autoral, todas na banda compõem. O público pode espera um show dançante, animado.”

Ela acredita que o surgimento da Ablusadas pode contribuir para a presença feminina no blues da capital mineira. “Queremos estimular uma celebração feminina no blues. Que surjam outros movimentos como esse”, diz.

SERVIÇO

Especial Mês da Mulher: Sindicato do Blues convida Ablusadas

Dia: 29/3 (quinta-feira)

Hora: 22h

Local: Espaço Cultural Casa d@ Jornalista (Avenida Álvares Cabral, 400, Centro)

Ingresso: R$12 (antecipado pelo sympla até 28/3) e R$15 (na portaria)

Informações: 9-8852-2912 ou sindicatodoblues@gmail.com

(Crédito da foto: Marta Leandro.)

[19/3/18]

Veja também

15 projetos de lei endurecem penas de crimes contra jornalistas no Brasil

Por Júlio Lubianco Num momento de piora da liberdade de imprensa no Brasil, pelo menos ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *