Tweed Ride de inverno homenageia 120 anos de BH neste domingo 6/8

A edição de inverno do Tweed Ride BH acontece neste domingo, 6 de agosto, às 9h, no Museu de Artes e Ofícios (MAO), e vai homenagear a primeira capital planejada do Brasil, que comemora 120 anos, em dezembro. Inspirada na arquitetura de cidades modernas como Paris e Washington, Belo Horizonte só ganhou alma e corpo por meio dos diversos ofícios dos trabalhadores que vinham de várias partes do mundo e tinham como ponto de chegada a Estação Ferroviária da Estrada de Ferro Vitória Minas.

O dia de homenagens aos primeiros cidadãos trabalhadores da cidade vai começar com um café coletivo, no saguão de entrada do Museu, onde os apreciadores do universo vintage vão assistir ao pocket show da Banda Faca Amolada. A programação se estende com uma visita guiada ao acervo do MAO.

“É importante lembrar também que o Tweed Ride celebra a bicicleta como um meio de transporte de todas as épocas e que muitas pessoas daquele período que moravam além do horizonte da Avenida do Contorno tinham a bicicleta como seu principal meio de transporte”, observa o jornalista Gil Sotero, coprodutor do Tweed Ride BH. “Não é à toa que escolhemos o Museu de Artes e Ofícios que exatamente homenageia as profissões que compunham a sociedade belo-horizontina no início do século passado.”

Gil acrescenta que a noção de elegância é uma construção social vinculada a cada época e que o Tweed revive essa elegância dos tempos passados.

“Muita gente de maneira equivocada acha que o Tweed Ride BH é um pedal elite, pois as pessoas capricham no visual que hoje é vinculado a uma camada da sociedade apenas. Basta uma pesquisa familiar ou rever os álbuns de fotografia de seus avós e antepassados para se inteirarem de como se vestiam essas pessoas ou as fotos do grande retratista Chichico Alkmim, de Diamantina, que retratou a população mineira há décadas. Não existia a produção fastfashion e as roupas eram feitas por familiares ou encomendadas. Os trabalhadores possuíam poucas roupas e era absolutamente normal sair de casa com blazer, gravata e chapéu. Nós revivemos essa época como se o Tweed fosse a missa de domingo”, observa Gil.

A bicicleta era o veículo de muitos trabalhadores. Elas se popularizaram em Belo Horizonte após 1945, segundo o advogado e pesquisador do tema Eric Elias. “Os europeus precisavam expandir mercado, por isso principalmente as bicicletas inglesas vieram para cá em peso após 1945. Nos anos seguintes, a bicicleta se consolidou como transporte individual popular”, disse.

Como todas vitórias vêm de esforços, nesta data, o Tweed Ride BH também vai homenagear as lutas dos trabalhadores no processo de construção e crescimento da cidade. De acordo com o portal da PBH, a primeira grande greve dos trabalhadores ocorreu em 1912 e paralisou a cidade por 15 dias. O movimento dos trabalhadores da construção civil teve apoio de grande parte da população e foi por meio desse movimento que os primeiros operários de Belo Horizonte conseguiram ser reconhecidos como cidadãos, com direitos de reivindicar educação, saúde, transporte e moradia. O movimento antecedeu ao da grande greve geral do Brasil que ocorreu em 1917 e que completa 100 anos.

Depois da concentração, os participantes que forem de bicicleta poderão fazer um passeio pelas ruas da região centro-sul da cidade visitando locais históricos. Após o passeio histórico pela cidade o Tweed Ride BH segue para o Pic Lindy, evento que reunirá música, comida e diversão na Praça da Assembleia. Confira abaixo a programação.

Tweed Ride BH 120 Anos:

9h – café coletivo

10h – passeio guiado pelo Museu

10h30 – pocket show com a banda Faca Amolada

12h – passeio pela história da cidade

14h – bicinic na Praça da Assembleia (participação do Pic Lindy), regado a muita música de descontração. Leve sua toalha xadrez! Venha conosco nessa viagem!

SERVIÇO

Tweed Ride Edição Inverno 2017

Data: 6 de agosto, domingo

Horário: 9h

Endereço: Museu de Artes e Ofícios (MAO) – Praça Rui Brarbosa, 600 (Praça da Estação)

Evento no facebook: https://www.facebook.com/events/260293761120756/

Assessoria: Nivia Machado – 31 9-8717-5831 – whatsapp: 9-9458-2684

(Crédito das fotos: Fê Costa.)

[2/8/17]

Veja também

Câmara de Aracaju aprova exigência de diploma para jornalistas no poder público municipal

A Câmara Municipal de Aracaju (SE) aprovou por unanimidade nesta quarta-feira 21/10, em sessão remota ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *