Sindicato participa de homenagem da Assembleia ao Dieese

Uma solenidade em comemoração aos 60 anos do Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese) foi realizada na noite desta segunda-feira (9/11/15) pela Comissão do Trabalho, da Previdência e da Ação Social da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). O evento, que homenageou também as entidades sindicais que acolheram o Dieese no Estado, encerrou a programação do primeiro dia do seminário “Salário mínimo e desenvolvimento: lições do Brasil e de experiências internacionais”, que segue até amanhã (10), na Escola do Legislativo.

O deputado Celinho do Sinttrocel (PCdoB), presidente da comissão, destacou, em entrevista, a importância para o movimento sindical do trabalho do Dieese ao longo dos seus 60 anos de atuação. Segundo ele, a instituição tem papel fundamental no combate à desvalorização dos trabalhadores e no fortalecimento das políticas de valorização do salário mínimo. “Estou deputado, mas sou sindicalista e me orgulho de participar deste ato com o Dieese”, afirmou.

João Paulo Pires de Vasconcellos, que foi homenageado em nome do Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de João Monlevade (Região Central do Estado), afirmou que com um reconhecimento em nível nacional e internacional, o Dieese deu uma preciosa sustentação aos trabalhadores brasileiros, em uma época difícil, como foi o período da Ditadura Militar. “O superfaturamento é uma prerrogativa dos donos do dinheiro e o subfaturamento é a prerrogativa dos trabalhadores”, refletiu Vasconcellos.

Histórico do salário mínimo no Brasil

O presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais, Kerison Lopes, outro homenageado na solenidade, afirmou que o Dieese é a segurança dos sindicatos nos momentos difíceis e de negociações com a classe patronal.

Entre outros convidados, também participaram da solenidade a presidente do Dieese, Zenaide Honório; e a deputada federal Jô Moraes (PCdoB-MG).

Durante a solenidade, também foi lançado o livro “Salário Mínimo no Brasil”.

 

(Reproduzido do portal da Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Crédito da foto: William Dias / ALMG.)

 

Veja também

Emissoras educativas mineiras migram da Rede Minas para a TV Cultura de SP

Emissoras de televisão educativas de Minas Gerais lideradas pela Associação Mineira de Rádio e Televisão ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *