Sindicato participa de homenagem da Assembleia ao Dieese

Uma solenidade em comemoração aos 60 anos do Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese) foi realizada na noite desta segunda-feira (9/11/15) pela Comissão do Trabalho, da Previdência e da Ação Social da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). O evento, que homenageou também as entidades sindicais que acolheram o Dieese no Estado, encerrou a programação do primeiro dia do seminário “Salário mínimo e desenvolvimento: lições do Brasil e de experiências internacionais”, que segue até amanhã (10), na Escola do Legislativo.

O deputado Celinho do Sinttrocel (PCdoB), presidente da comissão, destacou, em entrevista, a importância para o movimento sindical do trabalho do Dieese ao longo dos seus 60 anos de atuação. Segundo ele, a instituição tem papel fundamental no combate à desvalorização dos trabalhadores e no fortalecimento das políticas de valorização do salário mínimo. “Estou deputado, mas sou sindicalista e me orgulho de participar deste ato com o Dieese”, afirmou.

João Paulo Pires de Vasconcellos, que foi homenageado em nome do Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de João Monlevade (Região Central do Estado), afirmou que com um reconhecimento em nível nacional e internacional, o Dieese deu uma preciosa sustentação aos trabalhadores brasileiros, em uma época difícil, como foi o período da Ditadura Militar. “O superfaturamento é uma prerrogativa dos donos do dinheiro e o subfaturamento é a prerrogativa dos trabalhadores”, refletiu Vasconcellos.

Histórico do salário mínimo no Brasil

O presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais, Kerison Lopes, outro homenageado na solenidade, afirmou que o Dieese é a segurança dos sindicatos nos momentos difíceis e de negociações com a classe patronal.

Entre outros convidados, também participaram da solenidade a presidente do Dieese, Zenaide Honório; e a deputada federal Jô Moraes (PCdoB-MG).

Durante a solenidade, também foi lançado o livro “Salário Mínimo no Brasil”.

 

(Reproduzido do portal da Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Crédito da foto: William Dias / ALMG.)

 

Veja também

15 projetos de lei endurecem penas de crimes contra jornalistas no Brasil

Por Júlio Lubianco Num momento de piora da liberdade de imprensa no Brasil, pelo menos ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *