O Tempo não comparece a reunião e SRTE pede que Procuradoria apure demissão em massa

A Superintendência Regional do Trabalho e Emprego de Minas Gerais encaminhou à Procuradoria Regional do Trabalho pedido de apuração da denúncia de demissão em massa no jornal O Tempo. A decisão foi motivada pelo não comparecimento da empresa a reunião de mediação marcada para esta terça-feira 4/8, às 12h30, embora tenha sido notificada. “Face à gravidade da demanda ‘demissão em massa sem prévia negociação com a entidade sindical’, deliberou-se pelo encaminhamento do presente à Procuradoria Regional do Trabalho para apuração das denúncias”, diz o “Termo de ausência” lavrado pelo mediador da SRTE.

A reunião de mediação com a empresa Sempre Editora, que publica o jornal O Tempo, foi solicitada pelo Sindicato dos Jornalistas e pelo Sindicato dos Empregados na Administração das Empresas Proprietárias de Jornais e Revistas. O jornal dispensou 11 jornalistas e trabalhadores do departamento administrativo e do setor de marketing no dia 21 de julho. Os dois sindicatos avocaram o princípio da interveniência sindical na negociação coletiva quando há demissão em massa, como foi o caso.

A demissão em massa sem comunicação ao sindicato profissional e participação dele no processo configura abuso de direito. Jornalistas, empregados da administração e gráficos estão em campanha salarial e enfrentam a intransigência dos patrões, que se recusam a repor as perdas inflacionárias de 2014 e discutir demais reivindicações.

Em maio passado, a Sempre Editora, que publica o jornal, já havia dispensado trabalhadores da redação e de outros setores. Procurada pelo Sindicato na época, a empresa alegou que fazia ajustes e que não pretendia fazer novas demissões.

O Sindicato espera que a Procuradoria Regional do Trabalho aja com rigor e rapidez contra mais este abuso patronal.

 

Veja também

SJPMG e Fenaj repudiam agressões a repórter da TV Integração em Prata (MG)

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais e a Federação Nacional dos Jornalistas vêm ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *