Sindicato divulga resultado do processo eleitoral de membros da Comissão de Ética

O Sindicato dos/as Jornalistas de Minas Gerais (SJPMG) vem a público divulgar o resultado do processo eleitoral para escolha dos membros da Comissão de Ética e Liberdade de Imprensa da entidade, ocorrido no último dia 13/12/2021, conforme edital.

Ficam eleitos para compor a Comissão (por ordem de maior porcentagem de votos válidos recebidos on-line e pela urna instalada na Sede do Sindicato):

Eneida da Costa – 85% dos votos válidos
Vera Godoi – 83% dos votos válidos
Eustaquio Trindade – 81% dos votos válidos
Aloisio Lopes – 79% dos votos válidos
Mônica Santos – 72% dos votos válidos

Conforme o respectivo Regimento Interno, a Comissão é responsável por acolher, analisar e julgar denúncias de delitos éticos no exercício da atividade jornalística em Minas Gerais.

Votaram jornalistas sindicalizados/as e com a anuidade 2021 quitada. Cada jornalista escolheu 5 (cinco) nomes de 6 (seis) concorrentes para compor a Comissão de Ética.

Quem são:

Eneida da Costa
É jornalista desde 1979. Sindicalizada desde 1981, quando foi emitido seu diploma pela FAFICH, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Sindicalista ativa e militante, participou do primeiro ao último congresso do SJPMG. Foi diretora do Sindicato (1993 a 1999) e presidenta de 2011 a 2014.
Atualmente, servidora concursada da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), trabalha da TV ALMG. Antes trabalhou como assessora de imprensa e consultora de comunicação em entidades sindicais, prefeituras e órgãos públicos. Atuou como redatora em O Tempo, editora e chefa de reportagem na TV Globo Minas, editora chefa interina, editora, chefa de reportagem e produtora na TV Manchete.

Vera Godoi
Formada em jornalismo pela FAFI-BH, em 1980. É pós-graduada pela PUC Minas em Comunicação Contemporânea e Informação Visual. Atuou por 23 anos como fotógrafa no jornal Estado de Minas. Lecionou, por 15 anos, a disciplina Fotojornalismo nas faculdades PUC Minas e Newton Paiva.

Eustáquio Trindade
É jornalista por formação desde 1972, graduado pela UFMG. Pós-graduado em Mídias Digitais pela Prepes/PUC e Pedagogia e Ensino à Distância pela Newton Paiva. Atuou como repórter dos jornais Diário de Minas, Estado de Minas e Diário da Tarde; e como editor na TV Globo e jornal Diário de Casa. Foi professor dos cursos de jornalismo do Uni-BH e Newton Paiva.

Aloisio Lopes
Ex-presidente do SJPMG (2003 /2007). Graduado pela FAFI-BH, em 1994, trabalhou em assessorias de comunicação e em produções independentes para rádio e tv. Na comunicação pública, atuou em âmbito municipal e federal, além de ter sido membro do Conselho Curador da TV Minas (2016/2018). Na pós-graduação, desenvolveu pesquisa relacionada ao direito à informação na administração pública. Atua no Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação desde sua fundação.

Mônica Santos
É jornalista desde 1983, graduada pela FAFI-BH, e pós-graduada em Comunicação Social, também pela FAFI-BH, e em Responsabilidade Social e Empresarial, pela PUC Minas.
Foi repórter de Economia e Agronegócio do jornal Estado de Minas e foi professora dos cursos de Comunicação da FAFI-BH e PUC Minas. Atuou como assessora adjunta de comunicação da Secretaria de Meio Ambiente da Prefeitura de Belo Horizonte. Atualmente, exerce a função de gerente de comunicação da Associação das Indústrias Sucroenergéticas de Minas Gerais (SIAMIG). Foi diretora do SJPMG (2012/2014).

[14/12/2021]

Veja também

“Nós temos um lado, nosso lado é o da classe trabalhadora e contra qualquer forma de opressão”: conheça Samira de Castro: candidata única a presidência da FENAJ

Por Nathália Avelino (*) Nos dias 26, 27, 28 de junho, a Federação Nacional dos ...

Um comentário

  1. Parabéns colegas! Primeira vez na vida que emplaquei todos os votos!

Deixe uma resposta para Eliane Nunes Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *