Casos de covid-19 na Record Minas preocupam trabalhadores

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais (SJPMG) recebeu informações de que quatro trabalhadores da Rede Record Minas contraíram covid-19.

O primeiro caso foi confirmado na sexta-feira passada (3/7). Trata-se de um funcionário que trabalha no switcher (mesa de controle das emissoras de televisão), espécie de estúdio completamente fechado. Ninguém que esteve em contato com ele foi afastado preventivamente.

Essa semana, outro funcionário que também trabalha na redação testou positivo. Outros dois operadores de externa, que têm contato com as equipes de reportagem, também receberam o resultado positivo para covid. Outros trabalhadores foram afastados com sintomas de gripe e aguardam resultados.

O SJPMG solicitou ao RH o afastamento preventivo das pessoas que tiveram contato próximo com o contaminado, conforme determina o item 2 da portaria conjunta Nº 20, de 18 de junho de 2020, do Ministério da Economia e da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho (https://bit.ly/3iyKMPY), que estabelece medidas a serem observadas visando a prevenção, controle e mitigação dos riscos de transmissão da covid-19 nos ambientes de trabalho.

Também foi solicitada uma reunião com o Sindicato das Empresas Proprietárias de Rádios e Televisões para o estabelecimento de um protocolo de segurança em caso de confirmação de covid-19, já que a maioria dos casos de contaminação de profissionais da comunicação que chegaram ao SJPMG até hoje foram registrados em emissoras de televisão.

A Record Minas não quis se manifestar sobre o assunto nem informar o número de contaminados.

[9/7/20]

 

Veja também

Jornalistas de Minas dizem não à violência de gênero e alertam categoria sobre a cobertura jornalística do tema

Nesse mês de agosto, marcado pelo combate à violência contra mulher, o Sindicato dos Jornalistas ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *