MP que dispensa publicação de balanços em jornais perde a validade

A Medida Provisória 892/2019, que desobrigava as empresas de capital aberto a publicarem seus balanços em jornais, perdeu a validade ontem sem ser analisada pelos plenários da Câmara e do Senado.

Editada em agosto pelo presidente Jair Bolsonaro, a MP alterava uma lei sancionada em abril, que permitia às empresas publicarem de forma resumida seus balanços a partir de 1º de janeiro de 2022.

A MP tinha recebido parecer contrário da comissão mista da Câmara e do Senado, que considerou a proposta como um ataque à imprensa.

“Quando o presidente se pronunciou dizendo que esse era um instrumento que poderia amanhã esvaziar a imprensa, isso é um demérito para essa matéria”, argumentou à época a senadora Rose de Freitas (Podemos-ES), que apresentou o parecer contrário à MP 892.

(Publicado pelo portal Imprensa. Crédito da foto: EBC.)

 

#LutaJornalista

#SindicalizaJornalista

[4/12/19]

 

Veja também

Coletivo de Mulheres-ALMG cobra medidas efetivas contra a covid e alega que Poder tem negligenciado internamente a questão

O Coletivo de Mulheres-ALMG divulga carta aberta pedindo medidas efetivas do Legislativo contra a Covid-19. ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *