Pagamento do governo com publicidade sobe 63%; Record supera Globo

Leandro Prazeres, do UOL, em Brasília.

Os pagamentos com publicidade do primeiro trimestre do governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) cresceram 63% em relação ao mesmo período do ano anterior e chegaram a R$ 75,5 milhões. Todos os valores pagos são referentes a despesas contratadas nos anos anteriores, na gestão do ex-presidente Michel Temer (MDB). Os dados foram obtidos a partir de um levantamento feito pelo UOL com base em informações da Secom (Secretaria Especial de Comunicação), vinculada ao Palácio do Planalto.

Em nota, a Secom afirmou que o governo reduziu em 60% o valor referente às veiculações de mídia no primeiro trimestre deste ano em relação aos três primeiros meses do ano passado. Segundo a nota, o governo autorizou a veiculação de R$ 13,3 milhões, enquanto o governo do ex-presidente Michel Temer (MDB) autorizou o pagamento de R$ 33 milhões no mesmo período. Dos 13,3 milhões do governo Bolsonaro, nenhum valor ainda foi pago, segundo a secretaria.

O levantamento também mostra que nos três primeiros meses do ano, a Record passou a Globo e foi o grupo de comunicação que mais recebeu pagamentos de verbas publicitárias. É a primeira vez que ocorre essa inversão em ao menos dois anos, segundo as análises por trimestre.

Clique aqui para ler a reportagem completa.

(Publicado no Uol.)

 

#LutaJornalista

#SindicalizaJornalista

[17/4/19]

Veja também

15 projetos de lei endurecem penas de crimes contra jornalistas no Brasil

Por Júlio Lubianco Num momento de piora da liberdade de imprensa no Brasil, pelo menos ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *