Bloco dos jornalistas, Pescoção é garantia de samba no carnaval de BH

O Bloco do Pescoção, formado por jornalistas e aberto aos foliões, vai sair pelo quarto ano consecutivo na terça-feira de carnaval, 13/2. A concentração começa às 13h, em frente à Casa do Jornalista (Avenida Álvares Cabral, 400, Centro). A expectativa é que o bloco reúna 5 mil foliões.

Este ano, o Bloco do Pescoção vai prestigiar a música instrumental de carnaval, com o Baile do Pretinho, que promete uma apresentação empolgante, vibrante e dançante. Pensado e criado pelo premiado Warley Henrique, artista mineiro que já dividiu palcos com grandes nomes nacionais, o show mescla estilos da música popular brasileira como o forró, samba, congado, frevo, samba rock e funk.

A banda será composta por Warley Henrique (cavaquinho), Ramon braga (bateria), Aloizio Horta (baixo), Samy Erick (guitarra, violão), Robson Batata (percussão), Alaécio Martins (trombone) e Juventino (trompete).

Manu Dias e companhia comandarão a outra parte da festa, com a mesma fórmula que conquistou a simpatia dos foliões nos três primeiros anos: execução de músicas de carnaval (marchinhas, sambas, frevos, samba-enredo, afoxé etc.).

O Bloco do Pescoção conta também com a participação especial de alguns ícones do samba: Mandruvá, Marcelo Roxo e Mário Emílio Moura.

A parceria com o Núcleo de Estudos de Cultura Popular foi mantida, garantindo a base para formação dos naipes, que ganham o reforço dos jornalistas que tocam em outros blocos da cidade, como Baiana Ozadas e Samba Queixinho.

Camisa 2018

A arte da camisa de 2018 é assinada pelo Alves, um dos cartunistas mais premiados do Brasil, vencedor dos principais salões de humor do país. Natural de Itabira, Alves publicou seus trabalhos nos jornais Estado de Minas, O Tempo, Jornal do Brasil, Diário da Tarde, Super Notícias, Hoje em Dia e Pasquim 21; trabalhou como roteirista dos estúdios Maurício de Sousa e da revista MAD; atualmente publica charges e ilustrações na Folha de S. Paulo e no Le Monde Diplomatique Brasil.

Campanha contra assédio

O Bloco do Pescoção tem compromisso com a cidadania, a tolerância e a diversidade. É um dos 11 blocos que participam de uma campanha educativa da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig). Em parceria com o Tchanzinho Zona Norte, o Bloco do Pescoção fará campanha contra o tema assédio sexual, que será veiculada nas rádios e nas redes sociais.

O bloco também conta com o apoio da Casa do Jornalista, Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais, Bar do João e da Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Belotur.

SERVIÇO

Desfile do Bloco do Pescoção

Data: terça-feira de carnaval, 13/2

Horário: 13h – Concentração

Local: Casa do Jornalista (Avenida Álvares Cabral, 400, Centro)

Informações: (31) 9-9916-588

Página do evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/146662062800802/

[1/2/18]

Veja também

15 projetos de lei endurecem penas de crimes contra jornalistas no Brasil

Por Júlio Lubianco Num momento de piora da liberdade de imprensa no Brasil, pelo menos ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *