Ana Prestes faz palestra sobre o legado feminista da revolucionária russa Alexandra Kollontai

A socióloga com mestrado e doutorado em Ciência Política pela UFMG Ana Prestes fará palestra neste sábado 23/9, às 14h, na Casa do Jornalista (Avenida Álvares Cabral, 400, Centro) sobre o tema “As mulheres na Revolução Russa: o legado de Alexandra Kollontai”. Ela também participa do projeto Sexta Valente, nesta sexta 22/9, às 20h30, no Restaurante do Ano (Rua Levindo Lopes, 158, Savassi).

Kollontai foi a única mulher a assumir um posto de ministra na Rússia revolucionária de 1917. Militante e dirigente aguerrida, tornou-se um ícone da luta contra o patriarcado, ao simbolizar a força das mulheres no interior da Revolução Russa. Na sua vida pessoal, rompeu com o padrão de família burguesa ao abandonar a fórmula do casamento e propor uma nova moral sexual entre homens e mulheres e ao relativizar a centralidade da maternidade na vida das mulheres.

Foi também a primeira mulher do mundo a exercer o cargo de embaixadora. Apesar disso, o legado que deixou para mulheres de todo o mundo – desde a instituição do 8 de março como data Internacional das Mulheres à criação de políticas públicas estatais voltadas à emancipação feminina – é pouco conhecido.

Neta do falecido líder comunista brasileiro Luiz Carlos Prestes, Ana Prestes é autora de um dos artigos do livro 100 anos da Revolução Russa (Editora Anita Garibaldi): “Alexandra Kollontai – os avanços e os limites da luta das mulheres na Rússia revolucionária”.

Autora do livro “Mirela e o Dia Internacional da Mulher”, Ana Prestes mostrará que é possível falar de Alexandra Kollontai e direitos das mulheres para crianças. Juntamente com sua filha Gabriela Prestes Lopes, ela apresentará o livro que já encantou crianças, jovens e adultos Brasil afora.

[21/9/17]

Veja também

Feira do Vinil reabre dia 14/11 na Casa do Jornalista

A Feira do Vinil completa 13 anos de casa nova. A partir de novembro, a ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *