Jornais e revistas: Convenção Coletiva 2015/2016 foi assinada

O Sindicato dos Jornalistas e o Sindicato das Empresas Proprietárias de Jornais e Revistas de Belo Horizonte assinaram nesta quarta-feira 23/9 a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) que vale para o período de 1º de abril de 2015 a 31 de março de 2016. No mesmo ato também assinaram convenções com os patrões os sindicatos dos gráficos e dos empregados na administração, uma vez que a campanha salarial deste ano foi unificada.

Os termos da CCT foram aprovados, por maioria de votos, em assembleias realizadas nas redações na quinta-feira 17/9. A proposta de reajuste foi feita pela Superintendência Regional de Trabalho e Emprego (SRTE) em reunião de mediação solicitada pelos três sindicatos dos trabalhadores, diante da intransigência patronal, que se negava a negociar.

Para os jornalistas, o reajuste será de 4% retroativos a abril, 3% a partir de outubro e 1,42% a partir de janeiro, somando 8,42%, que foi o INPC do período de abril de 2014 a março de 2015. O mesmo índice será aplicado às demais cláusulas econômicas; as outras cláusulas da CCT anterior foram renovadas.

O salário de setembro já deverá ser pago com o reajuste de 4% e juntamente com ele a primeira das três parcelas referentes às diferenças nos salários de abril, maio, junho, julho e agosto. A segunda parcela será paga juntamente com o salário referente a outubro e a terceira, com o de novembro.

Clique aqui para ler a íntegra da CCT em PDF.

 

Foto: O presidente Kerison Lopes (à direita) e o presidente do sindicato patronal, Luiz Tito (à esquerda), assinam a CCT 2015/2016. Crédito da foto: Aloísio Morais.

 

Veja também

SJPMG repudia ataques a jornalistas por vereadora de Bom Jesus do Amparo

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais vem a público repudiar os ataques feitos ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *